terça-feira, 14 de outubro de 2014

Ead

O que é EAD

Segundo a legislação brasileira, Art.1º do Decreto nº 5.622, de 19 de dezembro de 2005, que regulamenta o Art. 80 da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei nº 9.394 /96):
“Caracteriza-se a educação a distância como modalidade educacional na qual a mediação didático-pedagógica nos processos de ensino-aprendizagem ocorre com a utilização de meios e tecnologias de informação e comunicação, com estudantes e professores desenvolvendo atividades educativas em lugares e tempos diversos.”
Essa modalidade exige do aluno competências básicas, como:
  • Mudança de concepção e de atitude a respeito do que significa ensinar/aprender: É preciso compreender que hoje, graças ao avanço das tecnologias da informação e da comunicação, o processo do ensino/aprendizagem não exige, obrigatoriamente, a presença de professores e alunos num mesmo espaço (sala de aula tradicional).
  • Autonomia na condução dos estudos: Capacidade de se autogovernar, de agir conforme seus princípios e escolhas, sem necessidade da constante interferência de terceiros. O estudante da EAD necessita desenvolver sua autonomia na aquisição e produção do conhecimento, pois ela é fundamental para o sucesso no curso.
  • Adaptação às novas tecnologias: O curso a distância exige que você adquira competências em informática e uso da WEB e da plataforma de aprendizagem online.
  • Perseverança: Não desista quando surgirem as primeiras dificuldades, pois em se tratando de uma experiência nova, é natural que elas ocorram. Seja persistente e assuma o compromisso de enfrentar e vencer os obstáculos que surgirem.
  • Disciplina nos estudos: Você poderá determinar seus horários de estudo e de produção intelectual, mas é importante que estabeleça uma rotina, ou seja, que se disponha a usar, diariamente ou semanalmente, parte do seu tempo livre para estudar.
  • Bons hábitos de leitura e estudo: Seja um leitor crítico, não se limite a assimilar informações. Analise, critique, questione os conteúdos estudados. Faça relação entre eles e a sua experiência de vida pessoal e profissional. Não acumule dúvidas, pesquise ou, se necessário, recorra às pessoas designadas para atendê-lo.

Ser tutor

Tutoria

A educação a distância é uma modalidade diferente do ensino presencial em planejamento, organização e desenvolvimento.  A presença constante da mediação tecnológica altera significativamente  os papéis de professores e estudantes e exige a formação de uma equipe que atua de forma integrada e é composta de especialistas de várias áreas.
Assim, não se deve conceber o trabalho do tutor a partir daquele  desenvolvido por professores no ensino presencial, embora existam tutores menos preparados que tendem a reproduzir na EaD o comportamento do docente tradicional, limitando-se a desempenhar o papel de auxiliar na aprendizagem, sem nenhuma identidade específica.
O tutor é uma figura estratégica nos cursos a distância – é o agente responsável por orientar, guiar, provocar, instigar o estudante, despertando-lhe o interesse pelo curso, o desejo de aprender e de buscar novos horizontes. Ele participa ativamente do processo de ensino aprendizagem e contribui para o acompanhamento e avaliação do projeto pedagógico.
Esse profissional assume a missão de articular todo o sistema de ensino aprendizagem – deve acompanhar, orientar, motivar e avaliar seus tutorados, estimulando a aprendizagem autônoma do aluno. Para isso utiliza-se de diversos recursos, como diálogos, confrontos, discussão de diferentes pontos de vista, aproveitando a diversidade e respeitando as formas próprias de o aluno se postar frente ao conhecimento.
O tutor também tem por função resolver os ruídos de comunicação e os problemas que surgem ao longo do processo de ensino e, ao mesmo tempo, articular e desenvolver ações para aperfeiçoar o sistema de EaD, que deve ser alvo de constantes reflexões.

O tutor a distância

Esse tutor realiza a mediação entre o professor autor do livro didático, o professor da disciplina, a coordenação do curso, os tutores presenciais e os alunos. Sua atuação se faz através do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) ou por outros meios tecnológicos de comunicação.
Esse tutor deve:
  • conhecer a proposta da Instituição, o projeto pedagógico do curso, o planejamento e os materiais da disciplina em que atua;
  • ter desenvoltura na comunicação, particularmente na comunicação escrita;
  • estar preparado para enfrentar e solucionar problemas, sejam eles relativos ao conteúdo, a questões administrativas ou a dificuldades individuais dos estudantes;
  • ser capaz de propor e de enfrentar novos desafios;
  • estimular o auto-aprendizado do aluno e a interação do grupo;
  • dominar os conteúdos das disciplinas e as ferramentas do AVA;
  • ser gentil e cordial em seus relacionamentos com os estudantes e com a equipe de trabalho;
  • ser capaz de estimular os alunos, contribuindo para que se organizem, realizem todas as atividades e permaneçam no curso.

O tutor presencial

A tutoria presencial faz o acompanhamento direto e sistemático dos estudantes nos polos de apoio presencial, e deve criar um ambiente de trabalho que favoreça tanto o atendimento individual dos alunos como a organização dos grupos e o trabalho cooperativo. Deve estimular o estudante a frequentar o polo e a expor suas dificuldades, auxiliando-o na busca de soluções.
A atividade mais intensa e de proximidade entre esse tutor, o professor da disciplina e os alunos ocorrerá provavelmente nos momentos presenciais (atividades nos laboratórios de aprendizagem, na biblioteca, em grupos de estudo, seminários, avaliações presenciais e apresentação de Trabalhos de Conclusão de Curso – TCCs).
Dentre suas atividades, destaca-se a orientação que deve oferecer aos estudantes no tocante ao domínio do ambiente virtual de aprendizagem (Moodle) e ao uso dos sistemas da UEPG. Ele também será responsável, juntamente com o coordenador, pela segurança e pelo bom funcionamento do polo. Isso significa, entre outras coisas, os cuidados com documentos e materiais, com as instalações físicas, com móveis e equipamentos e com a organização do ambiente.